Aprenda a tirar sua câmera do automático: fotografia básica.


Ao longo do nosso tempo no Instagram muito de nossos seguidores pediram e pedem algumas dicas sobre fotografia, decidimos então dividir o assunto em vários posts devido a quantidade de caminhos que podemos seguir com esse tema.


Nesse primeiro post vamos introduzir as partes técnicas mais básicas, esperamos fazer com que vocês aprendam a valorizar o modo manual das câmeras! Pois se fosse para seguir o automático um celular seria mais que suficiente não? Então tentamos trazer um vocabulário e uma explicação mais leiga possível, para qualquer um conseguir aprender!


A primeira coisa que você deve entender é sobre a exposição, que nada mais é do que a quantidade de luz que entra na câmera; se entrar muita luz será uma imagem superexposta, caso entre muita pouca luz será uma imagem subexposta!


A fotografia é puro controle da luz. E sempre se lembre: é uma arte, podem existir dicas, teorias, etc, mas não existe nenhum tipo de regra, deixe sua criatividade te levar!


Nossa segunda dica é fuce por toda sua câmera, entenda a função dos botões e a capacidade do seu equipamento. Por exemplo, lentes diferentes trazem resultados diferentes para a entrada de luz. A posição de funções pode mudar dependendo da marca ou modelo.


Agora pegue seu caderno pois vamos explicar as funções que são considerados os pilares da fotografia:


Abertura

A abertura é o nome que se dá a abertura do diafragma (ferramenta que controla a entrada de luz). Nas câmeras é representada pela letra F mais um número. Exemplo: F/11

Quanto maior o número do F menos luz entra, e quanto menor o número do F mais luz entra.

Com essa função você também consegue controlar os níveis de foco da imagem (ou seja, deixar o fundo mais ou menos borrado). Quanto menor o F mais desfocado será o fundo (funciona para fotos de alimentos e ensaios de pessoas, para fotos de viagens acreditamos que prejudica a visão das paisagens).


(Imagem do Google)


Velocidade

A velocidade é o tempo que o obturador fica aberto captando a luz. Quanto mais velocidade, mais rápido o obturador funciona, fazendo assim com que capte “imagens congeladas” sem o braço se movimentando, por exemplo.

Usam velocidade baixas quando desejam fotografar o céu noturno (o que necessita o uso de um tripé, pois qualquer movimento com a velocidade tão baixa faz com que a foto trema toda), usam para fazer um efeito bacana em quedas d’água e fotos de carros em movimento, por exemplo.


(Imagem do Google)


ISO

Já o ISO é responsável pela sensibilidade da recepção de luz. Normalmente nos equipamentos varia de 100 á 16.000. Porém tome cuidado, o uso do ISO muito alto deixa a imagem com granulação. E seu uso também depende das outras configurações da câmera.


(Imagem Google)


Esses 3 primeiros pilares são utilizados de forma conjunta, você deve arrumar um pensando no outro e ir testando. Lembre-se fotografia é prática e testes assim como um esporte ou qualquer outro estudo.


Balanço de brancos (White Balance)

Essa ferramenta é utilizada para remover cores que não vemos quando olhamos para um objeto branco. O balanço de branco trabalha com “temperatura de cor” de uma fonte de luz, sendo o quanto ela é “fria” ou “quente”. Se configurado de forma “errada” pode trazer tons diferentes e não desejados a imagem, por exemplo tons alaranjados ou azulados.

Você encontra essa função no Menu da sua câmera, e a mesma já te da as possíveis opções do ambiente.


(Imagem Google)


RAW

Se você realmente quer melhorar sua fotografia, também preste atenção aos formatos da imagem, normalmente, na função automática a imagem será salva em JPEG porém para você conseguir ajustar melhor seu balanço de brancos e para ter um pós tratamento mil vezes melhor, escolha no Menu pela opção de formato de imagem RAW.


Essas são nossas primeiras dicas para você se tornar um fotografx super Largado no Mundão. Aguardem que durante os próximos dias terão posts sobre: fotometragem, referências, edição e muito mais?


Curtiu esse post? Deixa seu comentário para nós e qualquer dúvida manda no inbox do Instagram, respondemos rapidinho!


Até mais!


Leia aqui mais sobre como viajar com pouca grana!

Leia aqui mais sobre 5 passos para viajar mais!

Leia aqui sobre 5 praias para se largar no litoral paulista!

0 visualização
  • White Facebook Icon
  • Branca ícone do YouTube
  • White Instagram Icon
  • Playlist Largados
LargadosNoMundao_logo_RGB_branco.png