Conheça a cidade medieval Lucca e descubra tudo sobre a Torre de Pisa - Dicas da Itália!

Atualizado: Abr 23

Lucca, uma cidade medieval que conta com uma enorme muralha em toda sua volta, localizada na região noroeste da Toscana. Saindo de Roma são quase 4 horas de viagem, porém como já estávamos em Florença demoramos apenas 1h30min!

Cidade de Lucca

Chegamos pela noite e fomos conhecer a cidade, já não tinha quase mais nada aberto, então se preocupem em comer e comprar o que precisarem de acordo com os horários da cidade. Assim como em todos os lugares que fomos, a alimentação em todos os lugares valem a pena e em cada rua várias opções diferentes.


O que fazer, onde comer e como se locomover em Florença - Itália? Confira aqui!


Hospedagem

Nossa hospedagem foi maravilhosa, um tiro certissímo! Ficamos do lado de fora da cidade, onde o cenário já muda, porém sem perder o charme italiano. Pernoitamos no hotel Le Dimore Del Borgo! São apartamentos que fazem nos sentirmos em casa, com cozinha, sala e tudo mais, um dos nossos hotéis preferidos com toda certeza e apenas 10 minutos andando até a entrada de Lucca.


Onde ir

Para começar o passeio, visite todos os pontos históricos, lembrando que não da para medir a grandeza e os detalhes dessas construções.


Praça do Anfiteatro (Piazza dell’Anfiteatro)

Inicialmente, o anfiteatro foi construído fora dos muros da cidade, e por 400 anos foram realizadas performances e combates de gladiadores. Com a queda do Império Romano foram feitas uma série de edifícios que aos poucos foram incorporando as ruínas do edifício antigo, seguindo o contorno elíptico do teatro. Por muitos anos foram realizadas assembléias populares, transformando-o em um dos lugares mais importantes para a população da cidade na época. Hoje, você vai encontra lojas, bares e restaurantes. Uma das praças mais bonitas da Itália.


Cattedrale di San Martino – Duomo di Lucca

A Catedral de São Martinho faz parte de Lucca desde o século 11. Ao entrar na catedral, vá para a pequena capela octogonal que contém uma das mais sagradas relíquias de Lucca, o Volto Santo di Lucca (Santa Face de Lucca). Trata-se de um crucifixo de madeira esculpido com uma detalhada efígie de Jesus Cristo. Segundo a lenda, ele foi esculpido por Nicodemos, que ajudou na preparação do corpo de Jesus para o enterro.

A Catedral de São Martinho abre todos os dias. A igreja está localizada no extremo leste da Piazza San Martino.


Ingresso: 2-3 euros

7 Euros (cumulativo com museu e Igreja de Santo Giovanni e Reparata)

Site: www.museocattedralelucca.it


Igreja São Miguel  – Chiesa di San Michele in Foro

Foi construída ao início do ano 1000 a pedido do Papa Alessandro II e existe uma lenda muito legal que diz que existe um diamante na mão do anjo em cima da Igreja e que apenas reflete e brilha em alguns pontos da cidade, mas nós não tivemos tempo para provar, infelizmente!


Torre delle Ore

Torre mais alta da cidade aberto para a visitação, são por volta de duzentos degraus com uma vista de tirar o fôlego!


Tudo que você precisa saber sobre Veneza!


Torre Guinigi

Entre todas as torres pertencidas a famílias privada de Lucca, Torre Guinigi é a única que não foi destruída. Também é aberta a visitação.


Basílica de São Frediano  – Basilica di San Frediano

Além dessas atrações, existem museus e casas de vários artistas e famosos.

Outro passeio muito legal e mais chegados pros amantes da natureza são os passeios bicicletas por cima dos muros, a vista é simplesmente incrível.

Bicicletas em Lucca

Pisa

Saindo de Lucca seguimos em direção a cidade de Pisa para conhecer a famosa torre, foram cerca de 30 minutos de viagem de carro. Não conhecemos a cidade por inteiro, nossa passagem foi apenas pela área da torre. Existem vários estacionamentos do lado de fora, então não se preocupe com onde estacionar, já que na Itália isso sempre é um problema!

Torre de Pisa
Comprando o ingresso para subir na Torre

Entramos na área, muito verde, muito cheio, de primeira as construções antes da torre nos chamaram muito mais atenção e ficamos um pouco decepcionados, a torre não era tudo aquilo que imaginávamos, sinceramente. Mas então tomamos a melhor decisão: vamos subir! Pagamos 18 euros por pessoa para subir, existe uma enorme segurança em torno, com militares e detectores de metal. A entrada é rápida, sem fila e com horário, mas isso é tranquilo, conseguimos entrar antes do nosso horário.

Enquanto subíamos a sensação foi muito louca, você vai tombando enquanto sobe os pequenos degraus, as vezes parece que está quase em 90 graus, muito engraçado e uma das coisas mais diferentes que já fizemos na vida! Ao chegarmos ao topo a vista maravilhosa nos encantou, e não acabamos por ai, subindo um pouco mais, existiam sinos enormes e um buraco gigante no meio da estrutura da torre, completamente reto, com toda certeza aumentou nossa felicidade nesse dia.


Primeira parte do topo da Torre de Pisa

Confira mais um pouco das cidades aqui:


Confira mais roteiros completos aqui!


84 visualizações
  • White Facebook Icon
  • Branca ícone do YouTube
  • White Instagram Icon
  • Playlist Largados
LargadosNoMundao_logo_RGB_branco.png